MES

Manufacturing

Manufacturing Execution System – ou simplesmente MES – é um sistema de informação destinado a guiar a execução de operações de manufatura. O objetivo destes sistemas é alcançar e manter alta eficiência em um ambiente de fabricação altamente competitivo e em rápida mudança.

Para atingir este objetivo, o MES realiza um conjunto de tarefas no chão de fábrica, preferencialmente integrado com outros sistemas da organização e cadeia de suprimentos:

  • Monitoração e direcionamento da execução correta do processo produtivo;
  • Acompanhamento e controle do material utilizado no processo produtivo;
  • Obtenção de informações sobre o processo de produção;
  • Fornecimento de ferramentas para a análise de dados visando a otimização da eficiência;
  • Entrega e gerenciamento de instruções de trabalho;
  • Fornecimento de ferramentas para a otimização de procedimentos;
  • Disponibilização de ferramentas para a solução de problemas;

O MES também desempenha um papel crítico na Indústria 4.0, pois acomoda a Internet das Coisas Industrial (IIoT). É importante ressaltar que nem todos os MES são atualmente projetados para acomodar a integração, a descentralização e as novas tecnologias exigidas pela Indústria 4.0.

Os principais benefícios de um MES podem ser resumidos da seguinte forma:

A Curto Prazo:A Longo Prazo:
  • Maior eficiência e redução de custos;
  • Redução do tempo de entrada de dados;
  • Aumento na qualidade dos dados;
  • Redução do tempo de ciclo de fabricação e lead time de pedido;
  • Grande redução do uso de papel;
  • Redução do inventário de trabalho em processo (Work In Process, WIP);
  • Aumento na utilização de máquinas;
  • Melhoria geral nos processos;
  • Maior agilidade e menor time to market;
  • Melhoria na visibilidade da cadeia de suprimentos;

 

Diferenças entre MES e ERP

Um Enterprise Resource Planning – ou simplesmente ERP – é um sistema concebido para suportar um processo homogêneo com informações operacionais da empresa. O MES, por outro lado, é a escolha perfeita para processos de produção complexos com múltiplas variações e um grande número de transações. Sob o padrão ANSI / ISA-95 o MES pode ser visto como ambos, isto é, a camada de conversão entre operação e controle de processo bem como a tradução entre planejamento de negócios e logística.

Ambos são sistemas críticos para os processos de fabricação.

Mais recentemente, a interconexão entre sistemas ERP e MES passou por uma nova tendência de desenvolvimento, tornando a integração de ambos os sistemas muito mais fácil, rica e confiável.

Decidir quais processos devem ser supervisionados pelo MES e quais pelo ERP requer um estudo detalhado, a fim de direcionar os recursos de ambos os sistemas para resultados de excelência.